Oração 1

A oração: aliança com Deus
Publicado: 16/11/2016 às 09:39:19

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA

A oração: aliança com Deus

Qualquer que seja a linguagem da oração (gestos e palavras) é o homem todo que reza. E a totalidade humana está no seu “sentir”. Temos o coração como a morada do sentimento. Por isso se diz: rezar com o coração. E realmente, o coração reza. Se ele está longe de Deus, a expressão da oração é vá.  O coração é a casa em que estou, onde moro (segundo expressão bíblica: aonde eu “desço”). E o lugar da verdade, onde escolhemos a vida ou a morte. E o lugar do encontro, pois, à imagem de Deus, vivemos em relação; é o lugar da Aliança.

O coração decidido a se converter aprende a orar na fé. A fé é uma adesão filial a Deus, acima daquilo que sentimos e compreendemos. Tomou-se possível porque o Filho bem-amado nos abre as portas para o Pai. Este pode pedir-nos que “procuremos” e “batamos”, uma vez que Ele mesmo é a porta e o caminho.

 

AS FORMAS DA ORAÇÃO

 

A adoração

A adoração é a primeira atitude do homem que se reconhece criatura diante de seu Criador. Exalta a grandeza do Senhor que nos fez e a onipotência do Salvador que nos liberta do mal..

A oração de súplica

O pedido de perdão é o primeiro movimento da oração de súplica (cf. o publicano: “Tem piedade de mim, pecador”: Lc 18,13). É a condição prévia de uma oração justa e pura. A humildade confiante nos repõe na luz da comunhão com o Pai e seu Filho, Jesus Cristo, e uns com os outros: “Então tudo o que lhe pedimos recebemos dele” (1 Jo 3,22). O pedido de é a perdão condição prévia da liturgia eucarística, como da oração pessoal.

A oração de intercessão

O Espírito Santo “intercede por nós, pois é segundo Deus que ele intercede pelos santos” (Rm 8,26-27). Interceder, pedir em favor de outro, desde Abraão, é próprio de um coração que está em consonância com a misericórdia de Deus. No tempo da Igreja, a intercessão cristã participa da de Cristo; é a expressão da comunhão dos santos. Na intercessão, aquele que ora “não procura seus próprios interesses, mas pensa sobretudo nos dos outros” (Fl 2,4) e reza por aqueles que lhe fazem mal.

A oração de ação de graças

Como na oração de súplica, todo acontecimento e toda necessidade podem se tornar oferenda de ação de graças. As cartas de S. Paulo começam e terminam freqüentemente uma ação de graças, e o Senhor Jesus sempre está presente. “Por tudo dai graças, pois esta é a vontade de Deus a vosso respeito, em Cristo Jesus” (l Ts 5,18). “Perseverai na oração, vigilantes, com ação de graças” (Cl 4,2).

 

A oração de louvor

Como os escritores do Novo Testamento, as primeiras comunidades cristãs relêem o livro dos Salmos, cantando nele o Mistério de Cristo. Na novidade do Espirito, elas compõem também hinos e cânticos a partir do Acontecimento inaudito que Deus realizou em seu Filho: a Encarnação, a Morte vitoriosa da morte, a Ressurreição e Ascensão à sua direita. É dessa “maravilha” de toda a economia da salvação que brota a doxologia, o louvor de Deus. A fé é assim um puro louvor.  A Eucaristia contém e exprime todas as formas de oração. É “a oferenda pura” de todo o Corpo de Cristo “para a glória de seu Nome”; segundo as tradições do Oriente e do Ocidente, ela é “o sacrifício de louvor”.

Foto(s): https://spirandiopadre.wordpress.com/a-oracao-na-vida-crista-texto-de-apoio-a-jornada-mundial-da-oracao-13-e-14-de-marco/
Fonte: https://spirandiopadre.wordpress.com/a-oracao-na-vida-crista-texto-de-apoio-a-jornada-mundial-da-oracao-13-e-14-de-marco/
Oração 1
LITURGIA DIÁRIA / DIÁRIO DAS HOMILIAS DO PAPA FRANCISCO / MENSAGEM DO PADRE / RESUMO DO DÍZIMO

Igreja Matriz de Cordeirópolis

Praça Comendador Jamil Abraão Saad, 159 - Cordeirópolis-SP - Telefone: (19) 3546-1274
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.
Desenvolvimento de Sites e Lojas Virtuais